quinta-feira, 12 de abril de 2018

Inscrições deferidas processo seletivo Gepes PET MEC


     EDITAL Nº.      002/2018

INCRIÇÕES DEFERIDAS PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO  TUTORIAL (PET) DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC)



A Coordenadora/Tutora  PET do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade – GEPES PET- MEC-FNDE da Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco de Cornélio Procópio no uso de suas atribuições:

DIVULGA:

INSCRIÇÕES DEFERIDAS PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade (GEPES PET MEC FDB) da Faculdade Dom Bosco de Cornélio Procópio-PR, inseridos no Programa de Educação Tutorial do Ministério da Educação.

FISIOTERAPIA
Felipe Henrique dos Santos
Júlio Cezar dos Santos
Leonardo Fernando Silvestre dos Santos
Matheus de Carvalho Fidelis
Mirella Daniel Mendes da Silva

DIREITO
Amabila Gabriele Gandra Lino
Letícia Lemes Placidino

PEDAGOGIA
Maria Rosa de Oliveira Souza Neta

Os/As discentes acima listados(as) deverão comparecer para participar da e entrevista com a Comissão de Seleção que realizar-se- á dia 12 de abril de 2018, das 19:30 h às 20:30 h, na sala de coordenação do Curso de Pedagogia da Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco de Cornélio Procópio-PR no prédio da Rua Jorge M. Haddad, 726. Serão ofertadas 3 (três) novas vagas para bolsas do PET, às 19:30, do dia 12 de abril de 2018. Bolsas Ofertadas: Fisioterapia (1 vaga), Direito (1 vaga), Pedagogia (1 vaga), podendo haver remanejamento das vagas caso o candidato(a) dos cursos contemplados no edital não sejam aprovados para ingresso no grupo.

Publique-se:
Cornélio Procópio, 11 de março de 2018.



Profa. Dra Cláudia Ramos de Souza Bonfim
Coordenadora/Tutora GEPES PET MEC

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Edital de Seleção de Novos Bolsistas do GEPES


EDITAL Nº.      001/2018

                                  SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO  

                                             TUTORIAL (PET) DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC)

A Pró-Reitora PET do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade – GEPES PET-MEC-CAPES da Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco de Cornélio Procópio no uso de suas atribuições:


                                        DIVULGA


            Processo Seletivo para participar como bolsista do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade (GEPES PET MEC FDB) da Faculdade Dom Bosco de Cornélio Procópio-PR, inserido no Programa de Educação Tutorial (PET) do Ministério da Educação (MEC), coordenado pela Professora Doutora Cláudia Ramos de Souza Bonfim. Os discentes interessados em participar do Processo de Seleção  deverão comparecer à entrevista com a Comissão de Seleção que realizar-se-á dia 12 de abril de 2018, das  19:30 h às 20:30 h, na sala dos professores da Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco de Cornélio Procópio-PR no prédio do Curso de Direito. Serão ofertadas 3 (três) novas vagas para bolsas do PET.
            Critérios para candidatar-se à vaga de bolsista no Grupo PET:
  • Os novos ingressantes deverão estar regularmente matriculados em  curso de graduação desta Instituição em um destes cursos: Fisioterapia (1 vaga), Direito (1 vaga), Pedagogia (1 vaga), podendo haver remanejamento das vagas caso o candidato(a) dos cursos contemplados no edital não sejam aprovados para ingresso no grupo.
  • As vagas são destinadas à discentes que estejam cursando o 3º. a 7º. Período do Curso de direito, e 3º. Período a 6º. Período do Curso de Fisioterapia, 3.o  a 6 Período do Curso de Pedagogia, neste semestre, na Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco.
  • Não ser bolsista de qualquer outro Programa
  • Apresentar coeficiente de Rendimento Escolar maior ou igual a 7,0, não ter nenhuma DP.
  • Ter disponibilidade de 20 horas semanais para as atividades do Programa no Período Vespertino e no primeiro sábado de cada mês.
  • Assinar o Termo de Compromisso.

OBS:  -  As fichas de inscrição e modelo do pré-projeto devem ser solicitados, preenchidos e enviados previamente até dia 11 de abril de 2018, pelo email profdraclaudia2009@gmail.com, impreterivelmente para deferimento da inscrição.       O processo seletivo será composto de entrevista, análise de pré-projeto e das notas do Histórico Acadêmico.

·         Os discentes bolsistas selecionados serão convocados posteriormente, para cadastro junto ao MEC e após a homologação serão contemplados com uma bolsa do PET-MEC quando passarão a receber mensalmente o valor compatível com a Política Nacional de Iniciação Científica.

Publique-se:

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Resenha do Livro Desnudando a Educação Sexual por Alexandra Souza



EMANCIPAÇÃO E SEXUALIDADE

Alexandra Mayra de Souza
Acadêmica
Faculdade Dom Bosco
                         

BONFIM, Cláudia. Desnudando a educação sexual. Campinas, SP: Papirus, 2012. 144 p.


Cláudia Ramos de Souza Bonfim é brasileira. Licenciada em Biologia, especialista em Metodologia e Didática do Ensino e Mestre em Educação pela  Universidade Estadual do Paraná. Mestre em Educação - UENP. Doutora em Educação na área de história, filosofia e educação e Pós-doutora em Educação por esta mesma Instituição pela UNICAMP.
            Atualmente professora universitária na Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco, em Cornélio Procópio, é ainda coordenadora/tutora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade (Gepes). Membro e Especialista em Educação Sexual pela Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana (SBRASH).
            Publicou 3 livros e diversos artigos e conta com inúmeras apresentações de trabalho em congressos, além deste livro resenhado publicou “Educação Sexual e Formação de Professores: Da educação sexual que temos à educação que queremos” e a “Condição

            Ao se tratar de educação sexual, a autora diz que é preciso que alguns conceitos relacionados sejam compreendidos, para que, de fato, possamos entrar de vez na discussão sobre o tema em questão. Quando falamos de educação sexual, conceitos básicos são necessários, e em torno desse assunto a autora considera essenciais: o que significa sexo, sexualidade, entre outros.
Começando com sexo onde Bonfim (apud Nunes e Silva 2012, p.22) diz que “podemos entender o sexo como (...) a marca biológica, a caracterização genital e natural constituída a partir da aquisição evolutiva da espécie humana como animal”.
Já a sexualidade, “é uma dimensão humana que envolve os aspectos físicos, sociais e psicológicos, além de nosso corpo, nossa história, nossos costumes, nossa religião, nossas relações afetivas, enfim, nossa cultura. (Bonfim 2012, p. 28).
Ao se tratar do tema, Bonfim afirma que devemos analisar também, todos os aspectos que o rodeiam, já que, a sexualidade pode ter significados diferentes para pessoas diferentes, já que recebe influência da cultura, das crenças, e envolve também valores familiares e religiosos. Portanto, é necessário a análise do todo, inclusive, suas influências, já que isso a define.
            Considerando alguns conceitos que a autora faz menção, é importante destacar que a educação sexual nas escolas, o foco da obra, não é sobre sexo e  sim, sexualidade. No entanto, ela afirma que ainda hoje nas escolas o assunto é tratado sob o caráter biológico, ensinando crianças e jovens, os aspectos apenas sobre reprodução, prevenção de DST’s e acerca de gravidez precoce. O que deveria ser mudado, já que sexualidade, não é só o ato sexual, envolve muito mais.
A autora traz que a sexualidade é necessária para a vivência humana, já que o ser humano busca por sensações, e não somente o prazer sexual, mas em todo os aspectos, o bem estar, a alegria, o amor, o afeto. Logo, a sexualidade está presente na maioria dos atos da vida humana, e não só a parte biológica.
            Destaca ainda, que a escola possui papel fundamental na formação de caráter dos jovens e crianças e que ensinar a sexualidade contribui para a formação de adultos cada vez mais seguros de si e de suas vontades. Lembrando que há diversas maneiras para se abordar a sexualidade na escola, como a autora cita, que música é um grande aliado do profissional de educação nessas horas, pois atrai os jovens.
            Não podemos deixar de mencionar a responsabilidade da educação familiar e o papel importantíssimo que possui ao educar jovens e crianças. Se tratando de educação sexual, é possível que haja alguns tabus em volta do tema, contudo, é importante que os pais estejam abertos para abordar o assunto com seus filhos, de forma a educar e não reprimir. É importante que os pais tratem do tema de forma respeitosa, estabelecendo diálogos de forma natural, livre de preconceitos, já que a forma com que ensinam seus filhos, é como o caráter e os valores estão sendo formados.
            Como papel importantíssimo na vida dos jovens, os professores e educadores, também contribuem e muito para a formação destes, logo também é necessário que a abordagem do tema, não deve ser limitada apenas a prevenção de doenças ou gravidez precoce, como já mencionado, já sabemos que a sexualidade envolve um todo, a forma de se comportar, de vestir, de sentir, por esses motivos expostos, que os profissionais da educação, também são essenciais para os jovens. 
            Por fim, compreendamos como autora ressalta que, é necessário livrarmos “das amarras de preceitos e de tabus que envolvam a sexualidade, e passarmos a tratá-la de forma natural, inerente ao ser humano, já que esta é presente desde o início de nossas vidas.”

            Trata-se de uma obra de grande valor pedagógico e que acresce ao conhecimentos daquele que está lendo. Apresenta linguagem de fácil compreensão, simples e clara. Aborda um tema que ainda é tabu para alguns, e de forma muito valiosa, nos mostra como quebrar alguns paradigmas e assim, mostrar aos jovens cada vez mais a importância da  vivência ética da sexualidade para uma vida saudável e feliz.

            Acredito, que essa obra desperte o interesse de estudantes e também já graduados, em todas as áreas de licenciatura, já que é voltada e socialmente para professores. E também para futuros pedagogos ou aqueles que já atuam na área e claro, aos pais que buscam informações qualificadas para a educação sexual de seus filhos.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Palestra sobre Prevenção do Câncer de Mama e de Colo de Útero

Nesta quarta, dia 18 de outubro o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade, inserido no Programa de Educação Tutorial do Ministério da Educação, coordenado há 6 anos pela professora Pós Doutora Claudia Bonfim, proferiu palestra e apresentou os trabalhos realizados neste semestre na Semana de Pedagogia Dom Bosco. Parabéns aos petianos e petianas! Obrigada à nossa coordenadora do Curso  pela oportunidade. 









terça-feira, 15 de agosto de 2017

VI SIMPÓSIO DO DIA MUNDIAL DE SAUDE SEXUAL WAS GEPES PET MEC FDB UNINTER

Gratidão!
E pelo sexto ano consecutivo realizamos em Curitiba-PR o VI Simpósio do Dia Mundial de Saúde Sexual. E terceiro ano consecutivo de parceria com a Uninter em Curitiba para a realização no Estado do Paraná da atividade comemorativa do Dia Mundial de Saúde Sexual (DMSS), promovido pela WAS, realizado sob a coordenação em Curitiba-PR da Profa. Dra. Cláudia Bonfim e sob a coordenação geral no Brasil da Médica Jaqueline Brendler. E organizado pelo Gepes Mec Fac Dom Bosco e na Uninter - Campus Carlos Gomes co-coordenado pela Professora Sandra Kmita.
Mais de 400 pessoas presentes em dois auditórios consecutivos.
E o tema do DMSS de 2017 é " AMOR, LAÇOS E INTIMIDADE".
Palestras:
Cláudia Bonfim - "Amar também se Aprende" - A importância da educação afetiva e sexual na escola
Doutora em História, Filosofia e Educação
Pós-Doutora em História da Educação
Professora Universitária, Sexóloga, Escritora e Palestrante
Lelah Monteiro - "A Sexualidade para Além do Sexo"
Sexóloga e Psicanalista
Fisioterapeuta Pélvica
Terapeuta de Casais e Família
Escritora e Palestrante
Eliany Mariussi - " A Interferência dos Filmes Pornográficos na Vida Sexual do Casa: por uma sexualidade mais afetiva e erotizada e menos pornográfica"
Doutoranda em Sexualidade, Mestra em Promoção da Saúde,
Psicóloga, Sexóloga, Especializada em Terapia Cognitiva Comportamental,
Psicoterapeuta de Casais, Palestrante e Escritora
Coordenação no Brasil - Médica Jaqueline Brendler
Coordenação no Estado do Paraná: Profa. Dra Cláudia Bonfim
Co- Coordenação do evento: Profa. Sandra Regina Kmita - UNINTER - Campus Carlos Gomes- Curitiba-PR
Promoção: WAS - World Association for Sexual Health - Associação Mundial de Saúde Sexual
Realização: Gepes Mec Fac Dom Bosco
Organização: Gepes Mec Fac Dom Bosco UNINTER- Campus Carlos Gomes
















terça-feira, 25 de outubro de 2016

I Seminário Outubro Rosa - 18o. Batalhão da Polícia Militar do Paraná


Na manhã de dia 24 de outubro de 2016, o 18º Batalhão de Polícia Militar realizou o "I Seminário Outubro Rosa: a mulher além do câncer"! 
Após a abertura, realizada pelo Comandante do Batalhão, Ten.-Cel. QOPM Luiz Roberto Costa, três palestrantes trouxeram seus conhecimentos à Policiais, Enfermeiras, Professoras, Estudantes, Donas de Casa, enfim, a mulheres que tanto tem a aprender e a compartilhar de suas experiências! 
O objetivo principal foi a conscientização quanto a importância da PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA, mas nós fomos além! O controle do estresse e a satisfação pessoal são excelentes indicativos de que tudo anda bem, por isso tivemos palestras com diferentes abordagens. Agradecemos ao Dr. Alessandro Bergamasco, que explanou o câncer de mama e a importância da prevenção, à Psicóloga Simone Oliani, que abordou os efeitos do estresse e deu dicas de como lidar com ele, e ainda a nossa coordenadora àProfª Dra Claudia Bonfim representando o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade (GEPES PETMEC FDB), que trabalhou os "Mitos e Tabus da Sexualidade Feminina em uma fala descontraída e permeada de conhecimentos científicos importantíssimos para a vivência de uma sexualidade emancipada, qualitativa, saudável e responsável afetiva e corporalmente!











Coordenadora do Gepes recebe homenagem do Curso de Pedagogia


 A professora Doutora Cláudia Bonfim, coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade, merecidamente foi homenageada pelo Curso de Pedagogia da Faculdade Dom Bosco! Fica o registro da homenagem à essa brilhante pesquisadora e e docente que contribui de maneira singular para a formação dos acadêmicos desta instituição e referência teórica na área da educação e sexualidade.

A coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Sexualidade Gepes PET MEC FDB foi homenageada pel@s alun@s e docentes,  na finalização do Seminário de Pedagogia Dom Bosco​, instituição em que atua há quase 8 anos, ela declarou "é uma emoção indescritível." As alunas do Curso de Pedagogia da Faculdade Dom Bosco​ prestaram sua homenagem fazendo uma apresentação do livro da doutora Cláudia Bonfim "Desnudando a Educação Sexual" e falando de sua atuação. "Foi simplesmente emocionante!". Ela agradeceuao colegiado dos professores, especialmente à professora Josiane Maganha​ que sugeriu inicialmente esta atividade e à coordenadora do Curso de Pedagogia Aparecida Da Silva Orrutea​ pela aceitação da proposta. As alunas do curso fizeram uma brilhante apresentação e uma linda homenagem! Segundo a nossa coordenadora "A palavra de hoje é GRATIDÃO! Estou profundamente emocionada e honrada.

"

Interfaces da Pesquisa em Sexualidade - Semana de Pedagogia Faculdade Dom Bosco

"Interfaces da Pesquisa em Sexualidade: os trabalhos do Grupo de estudos e Pesquisas e Educação e Sexualidade" - GEPES PET MEC no VII Seminário de Pedagogia da Faculdade Dom Bosco. Grata à nossa coordenadora Aparecida da Silva Orrutea pelo espaço e apoio sempre.